quarta-feira, 4 de março de 2015

prelúdio de um coração, que quer continuar na solidão.

[tua mão
 na minha
 mão
 não me causou
 um comichão
 ou ofegou
 minha respiração,
 muito menos
 acelerou
 meu coração.
 era
 - apenas -
 tua mão
 na minha
 mão]